Corrupção no Futebol Angolano : Líder da Arbitragem remete assunto para FAF
Muluta Prata, presidente do Conselho Central de Árbitros (CCA) da Federação Angolana de Futebol (FAF) remeteu para a direcção da Federação eventuais responsabilidades no julgamento das acusações de alegados actos de corrupção no futebol nacional feitas recentemente pelo presidente do Clube Recreativo da Caála (CRC), Horácio...

Corrupção no Futebol Angolano : Líder da Arbitragem remete assunto para FAF

Corrupção no Futebol Angolano · Federação Angolana de Futebol · Arbitragem

Muluta Prata, presidente do Conselho Central de Árbitros (CCA) da Federação Angolana de Futebol (FAF) remeteu para a direcção da Federação eventuais responsabilidades no julgamento das acusações de alegados actos de corrupção no futebol nacional feitas recentemente pelo presidente do Clube Recreativo da Caála (CRC), Horácio Mosquito.

Segundo o líder da arbitragem, o facto da acusação abranger várias áreas e agentes limita a competência do CCA quanto à apresentação de uma posição sobre o assunto, remetendo para  órgãos superiores da FAF qualquer declaração adicional, tal como citado pela edição impressa do Jornal dos Desportos de 4 de Junho: “Como não houve uma acusação direccionada apenas aos árbitros, mas ao futebol no geral, pensamos que não temos competência para apresentar uma posição só do Conselho de Árbitros sobre o assunto. É uma decisão que está entregue á direcção da FAF e caberá a ela reagir sobre o assunto”.